0

Havana

22 Feb 2016 por Fernanda Souza em Turismo

Cuba é um dos meus grandes sonhos de consumo. Desde Havana, com suas ruas estreitas, palacetes antigos (alguns até caindo aos pedaços), o famoso Malecón, e muita vida típica cubana, até os Cayos, praticamente isolados e sem nada para fazer, mas com um mar cristalino, que com certeza o fará pensar que está nas Maldivas, mas pagando bem menos por isso.

Com as notícias da reaproximação de Cuba com os Estados Unidos, pensou-se que haveria uma descaracterização da velha e socialista Cuba, mas ainda há uma pendência de aprovação do Congresso, para que os americanos possam viajar a turismo ou mesmo se instalar em Cuba.Por isso, ainda dá tempo de conhecer a cidade sem encontrar um McDonald´s, mas é bom não demorar muito…

Havana, a meu ver, tem uma alma dançante, sorridente e malandra, mas simpática. Mistura de pobreza com educação avançada, história com suingue, frutas com cheiro de mar. Há monumentos belíssimos, carros antigos que são relíquias americanas, roupas coloridas e muita, mas muita música e dança. Tudo isso acompanhado pelos melhores runs e charutos. Aliás, caso deseje comprar estes últimos, nunca o faça nas barracas de rua, compre-os nos hotéis ou no aeroporto, onde são 100% originais e mais baratos.

A cidade vive hoje do turismo. Para quem não sabe, a Ilha, segundo a OMT (Organização Mundial do Turismo) recebeu em 2013 praticamente metade dos Turistas que visitaram ao Brasil (2,8 milhões contra 5,6 milhões). Para visitar Cuba é necessário visto (Tarjeta del Turista), que pode ser adquirido no balcão da companhia aérea (verifique antes), através do consulado, ou ainda de sua agência de Viagens). É simples e rápido.

Fotos de Havana Vieja, Cuba

Calle Prado. Habana Vieja

Calle Prado. Habana Vieja

museo de Bellas artes

museo de Bellas artes

Niñas en la Plaza Vieja

Niñas en la Plaza Vieja

Há duas moedas em Cuba, uma é o Peso Cubano (Moneda Nacional) que circula entre os locais; e o CUC, que é o Peso conversível com paridade ao dólar americano, usado pelos turistas e aceito em hotéis, restaurantes, lojas e demais locais. Os cartões de crédito não são aceitos em muitos lugares, então lembre-se de trocar o seu dinheiro por CUC´s assim que chegar a Havana. As casas de troca no aeroporto têm boas taxas. Também é importante lembrar que, atualmente, a melhor moeda para se levar a Cuba é o Euro, pois sobre o dólar ainda incide a taxa de 10% sobre as transações, devido ao bloqueio econômico sofrido pelos Estados Unidos.

Cotidiano, Havana

Cotidiano, Havana

Baseball Calle Prado. Habana Vieja

Baseball Calle Prado. Habana Vieja

Malecon, Havana

Malecon, Havana

Para se hospedar, além de algumas cadeias de hotéis europeus ou locais, também há a oferta de casas particulares, muito interessante para quem realmente quer conhecer os costumes. Esta opção é bem tradicional em Cuba, além de segura.

Quanto as refeições, verifique se a casa particular oferece refeições ou procure pelos “Paladares”, que são restaurantes nas casas dos cubanos. Antes, eles eram sinônimo de comida boa e barata, mas hoje alcançaram o status de restaurantes gourmet, mas ainda assim, come-se bem.

Há muito o que ver e visitar em Havana:caminhadas, museus, vielas, bares, restaurantes, vida noturna e shows. Se você gosta de história, eu indicaria o mínimo de 4 noites.

Além disso, há as lindas praias. A mais próxima é Varadero (a aproximadamente uma hora e meia de Havana, de carro), um balneário com resorts all-inclusive para descansar. Mas vale dizer que Varadero é mais habitada que os Cayos – pequenas linhas, rasas e arenosas, que podem ser formadas na superfície de um arrecife de corais. Há Cayo Largo, Cayo Coco, Cayo Santa Maria, Cayo Guilhermo e assim vai. Para ir de Havana aos Cayos, o transporte é feito em pequenos aviões, mas fique atento: os horários dos vôos muitas vezes são informados no dia anterior.

Gostou da ideia de viagem? Não perca tempo. Havana espera por você. E eu me despeço com uma frase de Che Guevara:“É preciso ser duro, mas sem perder a ternura, jamais…”

Escola Nacional de Balé de Cuba

Escola Nacional de Balé de Cuba

Varadero, Cuba

Varadero, Cuba

Plaza de Armas, Havana Vieja

Plaza de Armas, Havana Vieja

 

Fotos de André Cadena

COMPARTILHE

  • 1035 Visualizações

ESCRITO POR

Fernanda Souza

Consultora de turismo Tel: 011 97454-8517 e-mail: fernanda.souza1709@uol.com.br Skype: fernanda.souza1709

Perfil do Autor

Deixe um comentário